6 Dicas de Como Importar Barato

Macetes Importantes para Importar Barato

Exportadoras e fornecedoras em todo o mundo ofertam uma grande variedade de produtos que voce pode adequar ao seu negócio, você pode encontrar artigos de baixo custo, oferecer uma vantagem competitiva ou novos itens que lhe permitem vender um produto diferenciado, importar barato é sempre uma ajuda para quem está nesse ramo de revenda. Mais importante que saber pagar menos quando e importa é saber Como Importar produtos Originais.

No ano de 2016, a China foi o segundo maior importador dentro do Brasil, o valor ultrapassou a casa de 2  bilhões,  ficado atras apenas dos Estados Unidos, líder de importação em vários segmentos.  Inclusive vem  deste país vem as melhores opções de obter sucesso ao aprender como importar calçados femininos, tênis e bolsas de lá.

Para importar, tem diversas coisas que se precisa levar em consideração. Que pode variar de gerenciar  alguns relacionamentos a longa distância, afim de se organizar e conseguir um bom preço de frete para o transporte internacional e comprar um produto adequado.

Se você considera importar e pretende saber mais sobre isso, é fundamental ler nossas importantes dicas para aprender como importar barato e saber por onde começar essa empreitada rumo ao sucesso.

Macetes para se importar barato

  1. Planeje os  objetivos de importação

Antes de iniciar qualquer importação, uma ideia excelente é ser bem claro sobre o que você quer alcançar. Você deve estar  olhando para os países importadores afim de encontrar algum fornecedor  de produtos mais em conta, ou irá importar itens que não estão disponíveis dentro da sua região para revender aos seus clientes.

  1. Encontrar um fornecedor bom, confiável e legítimo

Você precisa verificar se o fornecedor que encontrou consegue atender aos padrões de qualidade estabelecidos por você, tendo que avaliar toda a qualidade dos produtos, assim como verificar se os mesmos são adequados.

Você precisa entende queo se o seu fornecedor terceirizou processos, e também entender um pouco da cultura de dentro do mercado em que estará realizando a importação para estabelecer uma relação bem-sucedida com seus fornecedores. Saiba Mais.

Faça um esforço para aprender algumas frases curtas pode ajudar a estabelecer confiança mútua entre você e o vendedor.

  1. Negociar o negócio certo

Decifre os seus próprios pontos fortes e fracos, e quais são as prioridades do seu fornecedor, o ajuda a negociar melhor. Um exemplo caro é se você tiver um caixa mais fixo e puder pagar prontamente por uma troca de preço melhor.

Quem fornece acredita que os potenciais parceiros de negócios devem criar um relacionamento que se desenvolvem de forma bem-sucedida, fará com que as transições sigam.

O objetivo do desenvolvimento de relacionamentos próximos é construir essencialmente conexões comerciais ou sociais baseadas em benefício e interesse mútuo.

  1. Reduzir o risco por meio de um contato claro

A Importação de produtos dos EUA ou de qualquer País é importante ter um contrato claro estabelecendo exatamente quais os termos de pagamento e entrega que você acordou. As  regras aplicadas ao mercado internacional devem garantir o sucesso dos termos acordados internacionalmente (Termos Comerciais Internacionais) e podem ajudar a reduzir qualquer risco de mal-entendido ou então problemas com a entregas.

A minuta do contrato também deve incluir o pagamento exigido, quando e em que moeda e qual método de pagamento será utilizado.

  1. Escolha qual método de transporte você irá usar

Escolher quanto e como você irá importar, também precisará decidir se vai lidar com a logística sozinho, ou se vai terceirizar esse trabalho para uma transportadora.

Ao importar da China, suas principais opções são o ar e o mar. Se a você precisar transportar grandes quantidades, e não precisa de entregas rápidas, o transporte pelo mar pode ser o mais adequado e caso você precise de uma entrega mais rápida e com um maior nível de segurança, o transporte pelo ar pode ser o mais indicado.

Se for importar itens menores e de outros lugares mais próximos, você pode realizar a importação por outros meios.

  1. Compreenda a importância dos códigos de mercadoria

Numa negociação com os países de importação, você precisará encontrar o código de mercadoria correto para seus produtos para que você possa preencher a documentação aduaneira com precisão.

O código é um número para importações de fora do Brasil. Ao conhecer o código da mercadoria, você pode procurar outras informações importantes, como taxas de imposto e quaisquer restrições de importação ou exportação.

Essas informações são a chave  para importar barato  e podem fazer toda a diferença no seu negócio, mas para começar mesmo com o pé direito e ter sucesso é preciso ter o conhecimento necessário.

Recomendamos o curso academia do importador pode ser o lugar ideal para você aprender como importar produtos baratos, as melhores técnicas, normas e outros, tudo vindo de um profissional especialista na área. Dicas a mais em:  https://ilsezombie.tumblr.com/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *